quinta-feira, 25 de junho de 2009

Morre Michael Jackson

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Salada Esportiva: Semifinais da Libertadores

Continuando com as análises fase-a-fase da Libertadores da América, agora chegamos nas semifinais.
Temos dois confrontos de times tradicionais na competição: Cruzeiro e Grêmio se enfrentam no último duelo brasileiro da competição continental, buscando o tricampeonato. Já a outra semifinal é entre Estudiantes e Nacional do Uruguai, que querem o tetra.
Um detalhe interessante é que essas semifinais representam um retorno dos quatro gigantes sulamericanos à briga pelo título, depois de bastante tempo.
À exceção do Grêmio, que chegou na final em 2007, o último a chegar tão longe foi o Cruzeiro, campeão em 1997. O Nacional brigou pelo título pela última vez em 1988, sendo campeão. Já o Estudiantes chegou nas semifinais pela última vez em 1983, quando foi eliminado pelo Grêmio.

1. Grêmio x Cruzeiro: Confronto sem favoritos. O tricolor gaúcho fez a melhor campanha na fase de grupos, ganhando a vantagem de fazer o segundo jogo em casa, além de contar com a experiência do vencedor Paulo Autuori.
Por sua vez, o time celeste eliminou o sempre favorito São Paulo de forma bastante convincente, vencendo os dois jogos e dando show de raça e vontade.
Aposto no Cruzeiro porque sou torcedor e acredito nesse título, mas não vai ser nada fácil.

2. Nacional-URU x Estudiantes: Pra mim, o Estudiantes é muito favorito. Desde o início eu achava que o time argentino era candidato ao título, e ele mostrou sua força ao longo da competição: goleou o Cruzeiro na primeira fase e passou por Libertad e Defensor, chegando na semifinal.
Já o Nacional, eu considero um time fraco. Não jogou as oitavas-de-final, já que o time mexicano que iria enfrentar (San Luis) foi eliminado pela nova gripe. Passou pelo Palmeiras nas quartas-de-final com dois empates, graças ao gol fora de casa, e chega como uma esperança de dias melhores para o falido futebol uruguaio, carente de resultados mais expressivos nos últimos anos.
Estudiantes na final. Já marquem o primeiro jogo da decisão para o estádio Ciudad de La Plata, só falta saber onde será o jogo de volta.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Talento...

A moda em muitos países, hoje em dia, é estimular e reconhecer o talento do seu povo através de programas de palco. Selecionei esse vídeo para mostrar que se deve ter, no mínimo, bom senso para se apresentar num programa desses.



Eu também odeio show de calouros, mas vale a pena conferir o vídeo.

[Victor Hugo é: ...ééééé do Brasiiilll]

sexta-feira, 12 de junho de 2009

ClickPlay - Salada Games

Mais um desses joguinhos que prendem a gente em frente ao PC. Desta vez o objetivo é TENSO, achar o botão do play com menos clicadas possíveis. É sério, não subestimem esse jogo. Minha melhor pontuação foi 305 cliques, isso depois de resolver o enigma do potinho. Espero que gostem.


Mais Jogos de Point-and-Click no Click Jogos

Beijinhos e divirtam-se!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Viradão Carioca...


SUSAL tá mandando a real da boa do final de semana, tá ligado?

Nesse fim de semana, por toda a cidade do Rio, acontece o Viradão Carioca. O Site Oficial do evento pode explicar melhor:
O Viradão Carioca é o maior evento da diversidade cultural que esta cidade já viu. O Rio de Janeiro será palco de 48 horas seguidas de intensa programação gratuita ou a preços populares. Criado e coordenado pela Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Cultura, o Viradão tem apoio institucional da Globo Rio, e acontece de 5 a 7 de junho.

A programação do Viradão está no site: http://www.viradaocarioca.com

Programem-se e divirtam-se!

[Victor Hugo é: Carioca... NOT]

terça-feira, 2 de junho de 2009

Documentário: The Real Football Factories Brazil

"The Real Football Factories" (2006) é uma série inglesa de documentários sobre hooligans, que começou viajando o Reino Unido para depois ganhar o mundo, em 2007. O apresentador e ator Danny Dyer viajou por vários países, entre eles Turquia, Argentina, Rússia, Sérvia e Brasil, para mostrar a rivalidade originada no futebol, que acaba ganhando contornos de guerra.

Em seu episódio brasileiro, mostra as maiores torcidas organizadas de Rio, São Paulo e Porto Alegre - Jovem Fla, Força Jovem Vasco, Mancha Verde, Gaviões da Fiel, Camisa 12 e a Geral do Grêmio - através de depoimentos de seus presidentes e outros integrantes, que falam sobre a história de cada uma delas e sobre brigas com as torcidas rivais. O orgulho em contar suas 'vitórias' e a disponibilidade para matar e morrer por suas cores são características comuns a todas as TOs exibidas.

O filme mostra a visão de alguém de fora do país, totalmente assustado com a violência praticada pelas Torcidas Organizadas, principalmente com o uso de armas de fogo nos confrontos. Assim, a realidade do Brasil (principalmente Rio, e depois SP) é narrada com uma lente de aumento, voltada para o lado que o "Brasil do samba e do carnaval" tanto lutou pra esconder.

Só que, na minha opinião, o que sobrou no documentário foi um discurso preconceituoso sobre o país. Por mais que os dados, os depoimentos, os mortos e a rivalidade entre torcidas sejam verdadeiros, a narrativa leva o público a um campo de batalha um pouco mais intenso do que o real (sim, é possível!).

A preocupação em dramatizar e chocar é muito maior do que a de fazer um mapeamento do comportamento das torcidas. Até a forma que o Rio é tratado - "Uma das cidades mais violentas do mundo" - indica a reação que os autores pretendem causar no público. Outra cena que demonstra bem esse caos é a do jogo Palmeiras x Corinthians de 99, que terminou em pancadaria depois do Edilson fazer embaixadinhas. O comentário feito pelo narrador é o seguinte: "Se os jogadores fazem isso, imagine o que os torcedores fazem!"

Vale a pena assistir, principalmente pra ver um gringo passando sufoco no meio das torcidas, como na Geral do Grêmio, quando ele foge da Avalanche. Também vale pra mostrar qual imagem do Brasil é vendida lá fora.

Veja em partes no Youtube: pt.1, pt.2, pt.3, pt.4 e pt.5

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Sacanagem...

O Victor Hugo não é o Adriano mas também voltou.

Desta vez atualizando o blog com o o melhor da sacanagem. Podem ficar tranquilos que, depois da terça do funk, eu não vou fazer uma segunda pornô com o "What's new on porn", é só um post com fotos que a gente vê pela internet e que, mesmo involuntariamente, essa palavra vem à nossa cabeça.








Legenda: Procurado por estupro.

Pow, Sacanagem!

[Victor Hugo é: Imperador do Saladão]

P.S.: Agradecimentos ao Rafael Rodrigues que enviou todas as fotos. Valeu, Rafael!